Como gerar Remessas de Boletos no Sistema ERP

Após a emissão dos seus boletos, será necessário enviar um arquivo de remessa ao banco. Este arquivo serve para registrar os boletos emitidos na sua instituição financeira. Informe-se com seu gerente sobre as taxas cobradas no registro e na compensação do boleto.
Lembrando que utilizamos o CNAB 400 e o CNAB 240. Verifique com seu gerente qual layout do seu banco trabalha. Estes são layouts padronizados pela Febraban para registro de cobranças, que garantem a segurança do pagamento.
Após a emissão de seus boletos ou carnês bancários, chegou o momento de gerar a remessa a ser encaminhada ao banco. Isso será possível acessando o menu lateral Financeiro, submenu Boletos
Nesta tela consulte os boletos desta remessa. Vale lembrar que você pode selecionar um ou mais boletos. Logo após, clique em Mais Ações e Gerar Remessa .
Após isso, o sistema abrirá uma tela para configurar a remessa.
Número do Lote: preencha este campo com o número do lote. Ou o sistema utilizará o número do último lote, acrescido de 1; Formato da Remessa: preencha este campo com o CNAB utilizado pelo seu banco; Agora é só clicar em Gerar Remessa e salvar o arquivo em seu computador.
Este arquivo deverá ser enviado para o site do seu banco para que seja feita a leitura das informações e ocorra o registro dos boletos. Após isso, o banco fará o processo das informações e será gerado o Arquivo de Retorno .
A partir disso, você deverá fazer a importação deste arquivo para atualizar as informações dos boletos emitidos através do sistema e realizar a conciliação bancária.
Agora é com você, aproveite ao máximo as oportunidades do Sistema ERP! Esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas e que te ajude a aproveitar ainda mais as funcionalidades disponíveis. Restou alguma dúvida? Entre em contato com seu fornecedor para maiores informações!